Protocolo de Roda para iniciantes

Se você é novo de Capoeira, a roda pode ser uma experiência um pouco confusa e assustadora.

A Capoeira é um esporte que não tem regras escritas ou comuns a todos. Não tem um manual de instruções para saber o que fazer ou como se comportar.

A Capoeira é cultura, é folklore, e mesmo se ela não tem um manual de instruções, sim que tem uma série de normas e regras que você tem que respeitar. Essas normas são parte da oralidade que foi passada de capoeirista a capoeirista.

A experiência ajuda na apredizagem dessas normas. Poderiamos dizer que participando e visitando diferentes rodas a gente aprende por osmose. Mas tenham cuidado, cada Grupo e cada Mestre tem as sua propia identidade com as suas propias regras.

Quem comanda a roda?

É muito importante saber quem comanda a roda.

Numa situação ideal, o Mestre da academia onde você está é quem comanda a roda. O Mestre geralmente estará no centro da bateria, tocará o Gunga (o Berimbau com a cabaça maior) e cantará a ladainha.

Mas nem sempre é tão óbvio. Na sala pode estar um Mestre mais antigo que está comandando a roda, pode ser que na ausência do Mestre o aluno mais graduado esteja comandando a roda, e até a roda pode estar acontecendo fora da academia e ter vários Mestres lá presentes…

É muito importante saber quem comanda a roda. Se não sabe, pergunte a outros capoeiristas da roda!

A Roda

Peça licença para entrar na roda

A educação é vital numa roda de Capoeira e por isso você precisa saber quem é o dono da casa. Para poder jogar você deberia primeiro pedir licença.

Se você consegue chegar na roda antes do começo, se apresente ao Mestre da casa, pergunte se a roda é aberta e se você pode jogar nela. Tranquilo, os capoeiristas não mordem, se aproxime e pergunte!

Se quando você chegar a roda já tiver começado, pode buscar o contato visual para saber se pode ou não pode jogar. Não precisa nem falar português o conhecer a lingua das pessoas que estão na roda, tem sinais não verbais que são internacionais. Uma boa ideia seria a de perguntar aos participantes da roda se ela é aberta a todos os capoeiristas.

Não esqueça de pedir licença antes de entrar na roda. É fácil, só tem que olhar a pessõa que comanda a roda e esperar um gesto de aprovação.

No nosso grupo a gente busca o contato visual e esperamos um pequeno movimento de cabeça antes de comprar o jogo. O que leva a gente a…

As bolinhas de cor azul são os dois jogadores que vão jogar
As bolinhas verdes são as pessõas que “normalmente” vão jogar depois
As bolinhas vermelhas indican o lugar onde você iria (regularmente) depois de jogar

Dois a Dois o Compra Compra?

Uma das maiores diferenças que você achará nas rodas é a forma de mudar os jogadores do meio da roda.

  • Dois a dois

En algumas rodas os jogadores entram sempre de dois em dois.

Neste caso o jogo vai continuar até que o Mestre ou quem comanda a roda faça uma chamada com o berimbau indicando o final do jogo, ou até que um dos dois jogadores ofereça a mão ao outro jogador para comprimentar pelo jogo.

Normalmente os dois jogadores voltam ao pé do berimbau ao final do jogo para mostrar respeito e agradecimento um para o outro, e também ao Mestre e à bateria.

Nessa ordem os próximos jogadores vão ser os dois mais próximos da bateria (um de cada lado), mas às vezes o Mestre pode escolher os jogadores que vão entrar na roda. Também pode acontecer que um Mestre presente na roda chegue direto com outra pessoa no pé do berimbau.

  • Compra Compra

Outra opção é a roda de compra compra onde cada jogador “compra o jogo”

Neste caso o jogador vai entrar na roda escolhendo o parceiro de jogo e convidando o outro jogador a sair.

Para um iniciante este tipo de roda costuma ser mais complicado que na roda de dois a dois. No compra compra você é quem tem que comprar o jogo e você é que tem que saber com quem e quando. Mas não esqueçam que isso pode mudar em cada roda.

Como entrar – Entre sempre por um dos dois extremos da roda mais próximos à bateria. Antes de comprar peça licença ao Mestre que comanda a roda (visual, não precisa perguntar “ei fulano, posso entrar?”). Tem gente, (eu faço assim) que toca o chão com a mão antes de entrar na roda em sinal de respeito.

No momento da compra fique perto da bateria e esteja atento ao jogo… pode receber uma pancada de presente antes de entrar na roda!

Quando o momento certo chega, você mostra a palma da sua mão ao jogador com quem você quer jogar.

Em algumos casos o jogo vai parar e os dois vão descer no pé do berimbau esperando a sinal do Mestre para começar o jogo. Em outros casos (sobretudo quando o ritmo for rápido) o jogo tem que ser mais fluido e só de comprar já começa o jogo. Para saber como se comportar você só tem que olhar o que fizeram os jogadores até você comprar.

Quando comprar – Tenho a intuição que nos meus primeiros dois anos todo mundo passava pela minha frente o reclamavam que eu comprava o jogo muito rápido, ou por ter esperado muito pra comprar! Não tinha jeito de comprar corretamente.

Com o tempo você vai ter um sexto sentido e vai poder ler o flow do jogo sabendo qual é o melhor momento para comprar.

Algumas dicas para as suas primeiras rodas:

  1. Preste atenção na duração dos jogos. Se os últimos jogos duraram 3 minutos, não compre o jogo depois de 15 segundos. Mas, atenção, se os últimos jogos foram de 15 segundos não espere 3 minutos para comprar!
  2. Normalmente a duração de um jogo é proporcional ao ritmo do berimbau. Num ritmo mais lento os jogos são mais longos e num ritmo rápido mais curtos. Mas claro, não é sempre assim 😉
  3. Não compre o jogo durante uma chamada.
  4. Não compre o jogo depois de um movimento desequilibrante (rasteira, vingativa, banda…) ou um golpe direto. Dê tempo para eles se redimirem.

Não só porque o semáforo fica verde você tem que entrar. Não salte no meio da roda sem pensar, espera o melhor momento para entrar de uma forma segura.

Toma muuuito cuidado para não dar as costas para o berimbau ou passar em pé na frente dele. Se você tem que se mover pela roda para comprar o jogo procure ter sempre no seu campo visual a bateria e o berimbau que comanda a roda.

Com quem comprar – Na maioria dos caso você comprará o jogo ao jogador que entrou antes que você. Assim todo mundo pode jogar no minimo duas vezes. Se não está seguro sempre pode perguntar!

Mas você não tem porque seguir sempre essa regra. Se você quer jogar com o capoeirista que está no seu segundo jogo (pode ser um amigo que faz tempo que você não vê, ou pode ser que a roda seja pequena e assim vai trocar a ordem dos parceiros) também é correto. Você pode escolher sem problema o jogador com quem você gostaria de jogar.

… Sempre que um dos jogadores não seja um Mestre o um formado. Neste caso você SEMPRE tem que jogar com eles sem importar as vezes que eles já jogaram.

Se no meio da roda tem dois Mestres ou dois formados é melhor esperar, deixar que seja eles quem ponham fim ao jogo com um aperto de mão. Compre o jogo aos mestres só se você já viu outros capoeiristas comprarem ou quando o Mestre que comanda a roda peça para fazer assim.

Dois capoeiristas ao pé do berimbau

Escute a música

Como o Berimbau comanda a roda, é muito importante que você escute bem o seu som.

Que ritmo está tocando o Berimbau? Angola? São Bento grande de Angola? São Bento grande de Bimba? O ritmo é rápido ou lento? O toque e o ritmo são os que mostram como você tem que jogar.

Claro que se você está começando não se preocupe demais pelo tipo de jogo, entre na roda e tente jogar no ritmo.

Mas sim que você sempre deve ter em consideração a chamada do Berimbau (toque rápido e continuo do berimbau: don don don don don don don don don dón). Quando o Berimbau chama você vai ter que voltar ao seu pé do jeito mais rápido e seguro possível.

Palmas e canto

A roda não é simplesmente uma linha de forma circular na que você fica esperando para jogar. Os capoeiristas que formam a roda são tão importantes como os dois jogadores do meio.

É muito importante aprender as músicas para poder responder ao coro e ajudar a criar a energia da roda, o axé.

Pode ser bem difícil se você não está acostumado a cantar. Mas não desanime, não caia na desculpa de “aaaa mais eu não sei cantar”…

Todo mundo pode aprender a cantar. Só precisa de tempo, paciência e perseverança – justo como na parte física da Capoeira.

Pode encontrar músicas de Capoeira aquí em papoeira.com. Como você não vai poder aprender todas elas num dia, vai nos poucos. Se não sabe as palavras, cante alguma cosa similar. Quantos ingleses cantam Banana way na música Paranaûe!!

Nas palmas você tem que saber que tem duas palmas diferentes: Palmas de Bimba e Palmas de Terreiro.

Não é raro que num grupo a gente cante mais umas músicas que outras. Mesmo se no seu grupo só se usam umas, é importante aprender as duas e escutar bem os seus companheiros para saber se está fazendo as corretas.

Preste atenção

É bom comentar que é importante prestar atenção no jogo quando você está na roda.

Estar na roda pode ser igual de perigoso que jogar. Eu já vi muita gente tomar um golpe que saiu do meio da roda, ser pisada ou até acabar embaixo dum capoeirista que recebeu uma boa vingativa…

Tome consciência da sua posição na roda. Ajude a manter a roda redonda e sem buracos entre capoeiristas. Não pode deixar muito espaço entre os seus companheiros ou entre você e a bateria – Não deixe escapar o axé!

Aprende a tocar os instrumentos

Sem bateria não tem roda. Para ser um capoeirista completo você tem que aprender a tocar os instrumentos.

Comece pelos mais “acessíveis” como o agogô ou o reco-reco, depois comece a provar o pandeiro, o atabaque e, claro, o berimbau.

Mesmo se você já começou a tocar um pouco, não peça um instrumento numa roda se você não está % seguro que você possa tocar e cantar. Se não pode asegurar o instrumento, pratique um pouco mais antes de tocar na roda. É bom saber que diferentes grupos podem ter diferentes jeitos de tocar e de cantar. Uma vez mais, o sentido comum é o nosso melhor aliado.

Entre na roda

Já vi muitas rodas onde os iniciantes não se aventuram a jogar.

O meu conselho é que você tente jogar pelo menos uma vez em cada roda desde o começo da sua caminhada na Capoeira.

Mesmo se você só sabe fazer cocorinha e meia lua de frente você já pode jogar! Tente se colocar perto da bateria para poder jogar no começo da roda quando os jogos são tranquilos (quantas vezes já tentei jogar e um segundo antes de eu entrar o ritmo se acelerou a 200%!)

Todo mundo foi iniciante e todos lembramos como era. Não tenha medo de jogar com uma pessoa mais experimentada que você. Na verdade, é até melhor. Um jogador experimentado vai ter um maior controle dos movimentos e o risco de acidente se você errar vai ser bem menor.

Se por acaso você não vai jogar o já jogou e não vai jogar mais, melhor se colocar na parte da roda na frente da bateria (os dois pontos vermelhos no desenho da anatomia da roda). Desse jeito você não vai causar engarrafamentos na entrada da roda 😉

Código de vestimenta

Cada grupo tem as suas convenções do que você NÃO pode vestir na roda.

Pode ser que o seu grupo tenha uniforme, que não tenha… alguns grupos jogam de sapatos, outros jogam sem…

Se você está indo para uma roda do seu grupo é claro que vai saber como se vestir (ou devería ;)).

No caso do seu grupo ter uniforme, é costume vestir uniforme nas visitas às rodas de outros grupos.

Se não tiver uniforme, o mais importante é de vestir uma calça comprida. Nunca apareça numa roda de shorts!

No tema da cor, o branco costuma ser uma escolha segura.

Branco é a cor oficial de muitas manifestações afro-brasileiras. Pode acreditar que não é uma boa experiência aparecer numa roda com umas calças adidas filés quando todo mundo está de calça de capoeira branca!

Falado isso, também tem que saber que em muitas rodas de Angola as cores vão ser preto e amarelo, ou até pode achar rodas sem nenhum uniforme.

Se poder, é sempre melhor perguntar como se vestir antes de ir para a roda.

Don’t Worry, Be Happy

Não esqueça que o objetivo principal de uma roda de Capoeira é de se divertir.

A Capoeira é jogo. É importante respeitar as tradições e costumes, mas no começo não se estresse muito se errar. O importante é que você tentou.

Posso lhe assegurar que em algum momento você vai comprar quando não deve, ou comprar o jogo com quem não deveria ou que sem querer você vai fazer alguma coisa irrespetuosa ou não “correta”. É normal e é bem aceitado sempre que você aprenda do erro para a próxima roda.

Deixe uma resposta