Capoeira pra estrangeiro

Autoria: Mestre Aparicio Bolinha e Mestre Suassuna

Um dia Mestre Bolinha ouviu numa conversa: Capoeira pra estrangeiro é mato. Nessa época a Capoeira já se praticava fora do Brasil mas não era tão conhecida como hoje. Os capoeiristas de fora tinham um jeito todo seu de jogar a Capoeira.
A primera frase nesta música relata bem claramente a ideia mas também é um jogo nas palavras e os seus dois significados, quanto o coro responde: mato não esta falando do verbo matar, mais da palavra mato de planta.
Há varias teorias que falam do orígen da palavra Capoeira, a mais conhecida seria a que acha que deriva da lingua tupí-guaraní e da palavra – kapuêra – (ka´ávy = mato; puêra = que já foi). O significado seria que os extranjeiros estão tão perdidos no conhecimento da Capoeira que achan que é um mato (só um mato).
No momento da composição desta música Mestre Bolinha contou com a parceria do Mestre Suassuna que também estava na criação duma música na que o Mestre Bolinha também colaborou.

Clique aqui para ver uma atuação em direto do Mestre Bolinha

Letra da música

(as palavras em negrita são o coro)

Capoeira prá estrangeiro, meu irmão
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre
É de matar
Capoeira prá estrangeiro, meu irmão
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre
É de matar

Berimbau tá chamando
olha a roda formando
vá se benzendo para entrar
o toque é de Angola
São Bento pequeno, Cavalaria, Iúna
a mandinga do jogo
o molejo da esquiva
é prá não cochilar
Capoeira é ligeira, ela é brasileira, ela é de matar
Capoeira é ligeira, ela é brasileira, ela é de matar

Capoeira prá estrangeiro, meu irmão
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre
É de matar
Capoeira prá estrangeiro, meu irmão
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre
É de matar

Olha o Rabo de Arraia
olha aí a Ponteira
e a Meia-lua prá matar
o Mortal e o aú
o Macaco e a rasteira
e o Arrastão prá derrubar
Galopante façeiro
vai se preparando para voar
Capoeira é ligeira, ela é brasileira, ela é de matar
Capoeira é ligeira, ela é brasileira, ela é de matar

Capoeira prá estrangeiro, meu irmão
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre
É de matar
Capoeira prá estrangeiro, meu irmão
É mato
Capoeira brasileira, meu compadre
É de matar

Deixe uma resposta